PT teme que empreiteiro relate esquema de campanhas

0
1761

PT teme que empreiteiro relate esquema de campanhas

Marcelo Odebrecht teria feito relatos de como o esquema abasteceu campanhas petistas em 2010 e 2014
A coluna Painel da ‘Folha de São Paulo’ publicou neste domingo (21) uma contextualização sobre os impactos da operação Lava Jato e as tensões no governo.

De acordo com a publicação, a prisão de Marcelo Odebrecht causou pânico no mundo político, um dos motivos é o grau de conhecimento que o presidente da empreiteira tem a respeito dos pormenores do financiamento eleitoral ao PT nos últimos anos.

Embora o executivo negue a participação da Odebrecht no escândalo de corrupção da Petrobras, ele teria feito relatos de como o esquema abasteceu campanhas petistas em 2010 e 2014. A preocupação agora é que Marcelo decida contar mais detalhes se ficar preso por muito tempo.

Estimando que os depoimentos do executivo possam suscitar maiores estragos, os advogados apostam que a libertação dos presos desta sexta-feira será mais rápida que o normal.

A publicação refere que a entrada da Odebrecht e da Andrade Gutierrez na Lava Jato fará com que o Planalto reforce o empenho para firmar os acordos de leniência na CGU (Controladoria-Geral da União).

O governo também não quer travar mais embates no setor de infraestrutura, uma vez que todas as grandes empresas estão envolvidas na operação.

A Polícia Federal aponta ainda que “as operações do grupo Odebrecht seguem padrões mais sofisticados do que as concorrentes”. Isso explicaria, segundo a PF, a ausência de provas em buscas anteriores na empresa. “Os [meios]eletrônicos estavam praticamente limpos”, registram os agentes em um dos textos.

As prisões dessa semana criaram tensão nos políticos, que ainda esperam conhecer o teor da delação de Ricardo Pessoa, da UTC, que deve ser homologada nos próximos dias pelo relator Teori Zavascki.

O texto também cita que a oposição fará pressão sobre o TCU nos próximos 30 dias para cobrar a rejeição das contas de 2014 do governo Dilma. Para os tucanos, essa decisão seria o caminho para pedir o impeachment da presidente.

Fonte: Notícias ao Minuto