Pesquisa arqueológica tenta revelar mistérios sobre templo da época de Jesus

0
171

A arqueologia sempre foi uma importante aliada para o conhecimento bíblico, historicidade dos seus relatos e da fundamentação científica do que a Palavra de Deus descreve, também, no âmbito da fé. Conhecer os detalhes de como tudo aconteceu na época de Jesus, através dos registros arqueológicos, é o objetivo de muitos renomados cientistas espalhados pelo mundo.

É isso o que está tentando fazer a doutora Orit Peleg-Barkat, uma arqueóloga da Universidade Hebraica, em Israel, responsável por liderar uma pesquisa que visa comparar os registros literários do Templo de Jerusalém e seu Monte (O Monte do Templo), feitos pelo historiador judeu da época de Jesus, Flávio Josefo, com as recentes descobertas feitas na mesma região.

Com base em fragmentos de decoração encontrados da época, ela utilizou programas de computador ultra-avançados para tentar reconstituir a forma como o Templo de Jerusalém era visto esteticamente. A intenção é que através desse trabalho, várias outras questões possam ser solucionadas, além de servir como referência para a futura construção do “Terceiro Templo”, previsto pelo governo israelense.

Comentando parte dos achados, Orit descreve como os antigos utilizaram alguns materiais típicos da região, mas com uma qualidade diferenciada, revelando também influências da cultura síria na decoração do Templo:

“Em primeiro lugar, eles usaram pedra calcária de Jerusalém, que tem uma qualidade muito maior. Além disso, a qualidade do trabalho de escultura nas colunas é extraordinária, indicando que foram feitas por artesãos de primeira classe, envolvendo um vasto investimento de recursos. Embora o trabalho tenha sido feito por artesãos locais, vemos a influência de Roma e da arte síria”, disse ela, segundo informações do Biblical Archaeology.

Essa não é a primeira vez que descobertas arqueológicas permitem reconstituir partes de templos antigos descritos pela Bíblia. Em abril do ano passado, arqueólogos encontraram evidências de 3 mil anos da construção do Templo de Salomão, sendo essa uma das descobertas mais significativas da arqueologia bíblica dos últimos tempos.

FONTE: Gospel +