Mais de 30 mil marcham em protesto contra o aborto e na defesa da vida na Espanha

0
104
Flag of Spain

Um enorme grupo de manifestantes pró-vida saiu às ruas de Madri, capital da Espanha, para protestar contra a prática do aborto. Ao todo, 30 mil pessoas se uniram no evento.

O encontro pró-vida foi organizado pela plataforma Yes To Life (“Sim Para a Vida”, em tradução do inglês), que reúne mais de 500 entidades espanholas que trabalham na defesa da vida e na oferta de assistência às mães.

De acordo com informações do portal Evangelical Focus, o evento contou com uma marcha, que percorreu as principais ruas históricas de Madri, e também uma concentração na Puerta de Alcalá, no centro da cidade.

Os participantes do evento soltaram centenas de balões verdes como um símbolo da reinvindicação pacífica pelo respeito à vida e à dignidade humana em todas as fases, incluindo a gestação.

Uma das entidades envolvidas no evento foi o grupo evangélico AESVIDA, que reuniu jovens e adolescentes com o propósito de lutar contra a prática do aborto: “[Eles] expressaram sua resistência a seguir o pensamento dominante desta sociedade, e cantaram mensagens contra o aborto com forte convicção”.

Como em todos os eventos realmente pacíficos, não foram relatados incidentes, e ao final, shows de dança, música e testemunhos comoveram os participantes. Uma das mulheres que compartilhou sua história foi Gracia, que se tornou mãe aos 15 anos e, abraçando a filha, declarou que não se arrepende de ter recusado o aborto, mesmo sendo uma gestante adolescente.

O ato reuniu pessoas de diversas idades, políticas e crenças. Uma das representantes evangélicas, Remedios Losada, sobreviveu a várias tentativas de aborto e adulta se tornou coordenadora da AESVIDA. Em seu discurso, ela lamentou os 100 mil abortos realizados no país em 2017 e incentivou os presentes a continuarem fazendo celebrações semelhantes “para esse maravilhoso presente que é a vida”.

FONTE: Gospel +