Notícias mundo cristão

0 427

O treinador acredita que um líder religioso poderá motivar os jogadores

O técnico do Vila Nova, Wladimir Araújo, sugeriu à diretoria do time a contratação de um pastor para ajudar os atletas a serem mais positivos e assim evitar o rebaixamento do grupo para a série C.

O Tigre disputa o Campeonato Brasileiro na série B e corre o risco de ser rebaixado se não conseguir pontos suficientes.

Para Araújo o pastor Marlon Brito, indicado para assumir a “vaga” pode motivar os jogadores para que eles tenham força suficiente para tirar o time da atual situação.

“Ele é um cara extremamente positivo, que vem para nos ajudar neste momento delicado”, disse o treinador sobre o pastor que já teria trabalhado para o Aparecidense.

Para poder sair da zona de rebaixamento, o Vila Nova precisa de oito vitórias nos noves jogos que ainda disputará. Com informações FutNet

0 454

Mossul, a segunda maior cidade iraquiana, foi um dos primeiros alvos do Estado Islâmico fazendo com que milhares de cristãos fugissem deixando para trás todos os seus bens.
Com a presença dos jihadistas e a fuga dos cristãos para a Jordânia, a cidade se tornou “um beco escuro” segundo relatos do empresário Jassam Hanna.

“Homens circulam pelas ruas com espadas. Como isso pode estar acontecendo no século 21? Não há humanidade no Iraque”, disse o cristão de 33 anos que teve toda a propriedade de sua família tomada pelos terroristas.

Abu Suleiman, 60 anos, foi obrigado a deixar para trás tudo que ele conquistou com trabalho. “Eles colocaram uma letra vermelha ‘N’ na minha casa, de ‘nasrani’, que significa cristão em árabe, e declararam que ela era propriedade do Estado Islâmico. Perdi minha loja, tudo o que eu já tive na vida”, disse.

Suleiman e sua família fugiram para a Jordânia assim como outras centenas de cristãos. A maioria, porém, chegou ao novo país apenas com a roupa do corpo e agora contam com a ajuda humanitária de entendidas como as organizações ligadas à Igreja Católica.

Não há previsão de quando os moradores de Mossul poderão voltar para suas casas, John Allen, enviado americano para combater o EI no país, afirmou que a campanha militar pode demorar até um ano para ser planejada. Com informações G1.

Facebook